Noticias | Geral
Mulher Maçã desaparece após passagem de furacão pela Flórida
Postado em 12 de Setembro de 2017 ás 19:39 h

Foto/Reprodução

Grace Kelly, também conhecida como Mulher Maçã, está desaparecida desde a passagem do furacão Irma pela Flórida (EUA). André Rodrigues, amigo da funkeira, relatou nesta segunda-feira (11) ao R7 que a funkeira não deu sinal de vida desde que o fenômeno ganhou proporções internacionais.

— Estamos apreensivos. Grace está morando sozinha há 1 ano na Flórida onde foi estudar. O número do telefone que tenho dela e que sempre nos falamos não atende. Está apenas na caixa postal. Já tentamos contato de todas as formas, mas nada. A última informação que tivemos foi que ela não conseguiu sair da Flórida, não sabemos o que aconteceu ou para onde ela foi. Estamos muito preocupados, familiares e amigos, vivendo momentos de muita angustia e aflição. Esperamos que a mídia nos ajude para que os brasileiros que estejam lá nos deem pistas. Essa foi a última foto dela antes do furacão.

Pelo menos 5.777.263 casas e empresas estão sem energia elétrica no estado americano na Flórida nesta segunda-feira (11) em decorrência dos danos causados pelo furacão Irma, que avança pela região. Os dados são do governo local. A emissora ABC, por sua vez, diz que o número de mortes causadas pelo Irma nos EUA chega a cinco: duas pessoas faleceram no condado de Monroe, outras duas em Hardee e outra em Orange.

_____ Continua depois da Publicidade ____

Atualmente, o furacão foi rebaixado à categoria 1 de intensidade, com fortes tempestades e ventos de 120 km por hora. Informações da rede de notícias CNN apontam que o olho do Irma encontra-se nesta manhã de segunda ao norte da cidade de Tampa.

O fenômeno se move a uma velocidade de 28 km por hora em direção ao litoral noroeste da península da Flórida e deve atingir a fronteira com a Geórgia às 11h no horário local (12h no horário de Brasília).

O NHC (Centro Nacional de Furacões) dos EUA afirma que o  deve ser reduzido a uma tempestade tropical durante o dia e se tornar uma depressão tropical até a tarde de terça-feira (12). O fenômeno já foi classificado como um dos furacões mais potentes registrados no Atlântico.

sdfr

Na noite de domingo (10), a NASA divulgou imagens que mostram o furacão se movendo sobre o estado da Flórida durante o fim de semana.

Fonte: R7

Por: Nova Cruz Oficial